Como se iniciar no paraquedismo…

Os requisitos básicos para se aventurar no esporte são:

  • A idade mínina 16 anos e sendo menor de 18 anos é necessário autorização do responsável.
  • O praticante deve apresentar um atestado médico para prática de esportes.
  • Para o salto duplo dependerá do tamanho e peso da pessoa, além da idade mínima de 16 anos; se for menor de 18 anos é necessário a autorização do responsável.

foto aff.jpg_256Método Accelerated FreeFall (AFF)

O Accelerated FreeFall (Queda-livre Acelerada) é um programa avançado de treinamento que permite ao aluno, sem conhecimento prévio algum e em apenas oito níveis, experimentar a queda-livre desde o primeiro salto e alcançar o domínio das principais técnicas de vôo, abertura, navegação e pouso do paraquedas. Após um curso de 10 horas, o aluno faz seu primeiro salto realizando uma queda-livre de 35 segundos, acompanhado por dois Jumpmasters (ou instrutores) AFF.

O programa foi exaustivamente testado e é hoje, uma convenção mundial. A presença física de dois instrutores durante a toda a queda-livre garante um aprendizado livre de vícios, além de segurança complementar aos saltos.

O AFF segue normas rígidas, sendo que o aluno deverá cumprir diversos objetivos a cada salto, em tempo pré-determinado. Aconselhável para pessoas com sérios interesses em tornarem-se paraquedistas, mas que não dispõem de tempo para um aprendizado gradativo e tradicional.


foto asl

Método Accelerated Static Line (ASL)

O Accelerated Static Line é um tradicional programa de treinamento que permite ao aluno, após um curso teórico de 10 horas e a realização de uma progressão de saltos práticos, alcançar o domínio das principais técnicas de vôo, abertura, navegação e pouso.

O aluno salta com um paraquedas do tipo retangular semi-automático, o qual será aberto por uma fita estática presa ao avião. A partir daí o aluno passa a navegar seu paraquedas com o auxílio de rádios, um acoplado em seu capacete e outro com o instrutor no solo, trazendo-o com total segurança para pouso no alvo.

O programa ASL traz a vantagem de exigir um investimento inicial menor em relação ao AFF e o aluno realiza mais saltos, apesar de que a progressão do aluno em direção à queda-livre ser mais lenta. É voltado para pessoas com sérios interesses em conhecer e praticar o esporte, mas que não dispõem de um capital considerável para ser gasto em curto prazo, mas que também desejam atingir os mesmos objetivos, sem pressa, de uma forma muito mais suave, tranquila e o que é mais importante.


dim6

Salto Duplo

Atualmente é uma alternativa bastante divulgada pela mídia, não só pela simplicidade para sua realização, mas porque também muita gente desconhece a simplicidade, a rapidez e a confiança passada em uma instrução básica, dando ao interessado muito mais segurança para saltar, pois para o salto duplo não precisa de curso e sim de um simples treinamento de alguns minutos.

Mesmo quem ainda não pensa seriamente em ser um pára-quedista, pode ter a vontade e a curiosidade de saber como é o mundo da queda-livre. Para essas pessoas, tenham elas 16 ou 80 anos, nada melhor do que o Salto Duplo.

Com apenas 10 minutos de instrução, qualquer um pode voar 35 segundos em queda-livre, e vários minutos sob o paraquedas, como “passageiro” em um equipamento para duas pessoas pilotado pelo Tandem Master, o piloto de Salto Duplo. O Salto Duplo pode, ainda, ser aproveitado como instrução para saltos posteriores.

Em todos esses tipos de salto pode ser contratado um câmera para a filmagem o que é sempre recomendado, pois além de uma boa recordação, nos saltos de instrução os eventuais erros do aluno podem ser corrigidos facilitando o aprendizado.

Contate um dos clubes filiados para fazer um salto duplo ou seu curso de paraquedismo e iniciar-se no esporte.

Se ainda tem dúvidas sobre o esporte, contate a PARAMIG.

E-mail: contato@paramig.com.br

Foto 01-06-14 21 45 30 (1)

image